sexta-feira, 26 de maio de 2017

Antigas profissões dos cebolas IX - O acendedor

Uma profissional que eu sempre via todas as tardes e manhãs era o acendedor. Todo dia pela manhã e pela tarde vinha uma pessoa com uma vara enorme com um gancho na ponta. Esse gancho era usado para ligar a rede elétrica que iluminava as ruas durante a noite. Ante de se colocar a rede elétrica, com os postes de energia, já existia a figura do acendedor, mas ele acendia lampiões a querosene.


A tecnologia extinguiu a profissão


A passagem do uso de lampiões, a querosene, para rede elétrica proporcionou uma queda no número de acendedores. Para iluminar as ruas era obrigatório ir em cada lampião para acender a chama e com a substituição pela rede elétrica foram colocadas lâmpadas em cada poste e uma única chave ligava todas a lâmpadas da rua, ou seja, o profissional não precisava mais se deslocar de poste em poste e apenas ir até a chave em cada rua.

Até a década de oitenta ainda
existia alguns deste nas antigas 
ruas da cidade. Foto conseguida
 no Grupo  Itabaiana Grande 
( Facebook)
Pouco tempo depois inventaram um sensor que na presença da luz solar ele apaga as lâmpadas, na ausência ele acende as lâmpadas e os acendedores (que foram substituídos por eletricistas) só aparecem quando são chamados em caso de algum problema em algum desses sensores.


Os inconvenientes


Nos dias de chuva forte tinha o inconveniente que de vez em quando faltar energia ou mesmo somente a parte da rede elétrica responsável pela iluminação pública se 
desligar, mas como o acendedor só vinha ligar depois da chuva, a pessoa ficava nos escuro durante o decorrer da chuva. Nesta época as pessoas guardavam o famoso candeeiro justamente para essas ocasiões.

Outro inconveniente era quando o responsável de ligar a iluminação tomava umas e outras (se embriagava).

Na rua onde eu morava, a iluminação não demorava a voltar, mas por que entre os moradores tinha Seu (Sr.) Marinho e dois filhos que trabalhavam como eletricistas e eles sempre se encarregavam de deixar a rua sempre iluminada e vez por outra restabeleciam a volta de energia em casa de moradores por ocasião de algum problema.

Antônio Carlos Vieira
Licenciatura Plena - Geografia (UFS)


Nenhum comentário:

Postar um comentário