domingo, 11 de janeiro de 2015

OS NOMES E APELIDOS DAS COISAS PÚBLICAS!

É comum se colocar nomes nas coisas públicas: ruas, avenidas, escolas, bairros, povoados, etc. No decorrer dos tempos esses nomes são mudados de acordo com o interesse popular ou mesmo de interesse (políticos) da Administração Pública. 

A Administração Pública nomeia os logradouros públicos homenageando pessoas consideradas importantes e santos (geralmente da Igreja Católica). O inconveniente é que nem sempre essas homenagens representam a vontade popular. É comum as pessoas não saberem por que os povoados, ruas e praças onde moram tem nome de pessoas que nunca ouviram falar! Isso é decorrente do Poder Público batizar esses logradouros a partir de homenagens prestadas pelos e por interesses políticos. Em contrapartida, as pessoas costumam colocar nomes nos locais a partir de fatos da convivência e muitas vezes acabam colocando nomes estranhos, tais como: Povoado Saco Torto, Povoado Pé do Veado, Rua do Ovo, Rua do Cacete Armado, Bairro Eucalipto, Bairro Lata Velha, etc.

Um caso interessante de se colocar apelidos foi o que outrora era o chamado Campo de Aviação! Nunca se tornou uma pista de pouso de aviões! Com o decorrer do tempo as pessoas passaram a jogar lixo no local e em decorrência as pessoas passaram a chamar o local de “Lata Velha”. Pouco tempo depois o terreno foi dividido em lotes e doado para diversas pessoas construírem residências. Durante a ocupação dos lotes, e transformação da área em Bairro, foi instalado ao lado uma torre de transmissão da primeira rádio da cidade, consequentemente muitas pessoas passaram a chamar o local de “Bairro da Torre”.

O que deveria ter sido um campo de pouso de aviões se tornou um terreno baldio cheios de jurubebas que a população passou a utilizar como depósito de lixo. Posteriormente a Administração Pública doou lotes de terras para alguns cidadãos construírem residências e hoje é oficialmente o Bairro Miguel Teles de Mendonça.

As pessoas ocuparam o terreno sem estrutura básica e as vias públicas (ruas) se tornaram verdadeiros lamaçais! Em decorrência alguns moradores se dirigiam a prefeitura para solicitar melhorias que resolvessem o problema. Quando chegavam na prefeitura eram mandadas que fossem até a casa de Seu Francisco (Líder Político da época) efetuar as devidas solicitações. 

As primeiras pessoas que se dirigiram a casa do Seu Francisco foram convidadas a entrarem e questionadas do que se tratava. No qual ele relatava o problema: que a rua onde morava estava com muita lama e solicitava, ao líder político, que mandasse alguns homens da prefeitura para que desse um jeito. O problema foi quando questionadas onde moravam, alguns respondiam que moravam no “Bairro da Torre” e outros respondiam que moravam na “Lata Velha”. Como resposta o Seu Francisco mandava que a pessoas voltassem para suas casas e aprendessem o nome correto do bairro, onde moravam, para que depois viessem fazerem as devidas reclamações !

Eles não eram atendidas por que Seu Francisco não gostava que chamassem “Bairro da Torre” por que a rádio pertencia aos adversários políticos e quando chamavam de “Lata Veia” o problema era maior ainda, já que o nome do Bairro é Miguel Teles de Mendonça (o pai de Seu Francisco) e por esse motivo chamado de Chico de Miguel.

Antônio Carlos Vieira
Licenciatura Plena - Geografia (UFS)

2 comentários:

  1. O termo "Lata Velha", de fato, foi uma alcunha pejorativa lançada pelos pessedistas ou anti-chiquistas, sobre o arruamento que começou a surgir no início de 1976, mediante terrenos doados extra-oficialmente pelo chefe político da época por sobre o terreno da Aeronáutica que esta dele nunca quis tomar posse, ou, campo de aviação. Espertamente, o terreno que começava defronte do Posto da Polícia Rodoviária Federal, só foi retalhado aos "amigos", quase trezentos metros depois, numa clássica operação pra valorizar o espaço intermediário, entre o nascente Bairro Marianga e a ocupação, inicialmente clandestina, sob o ponto de vista oficial. Porém, a mesma oposição que havia cunhado a expressão "Lata Velha", apropriou-se em nome da Associação Olímpiada de Itabaiana de quase 40 por cento, justo a parte mais "nobre", com a Rádio Princesa da Serra pegando um bom pedaço que transformou em seu primeiro parque de transmissões. E aí, renomeou o local de "Bairro da Torre", uma contraposição pela imposição da Prefeitura do nome do genitor do então poderosíssimo Chico de Miguel. Resultado: ficaram os três nomes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na realidade ficaram os quatro nomes!!! Ainda encontro algumas pessoas, que dos quarenta e cinco já passaram (que é o meu caso) , se referindo ao local como Campo da Aviação!!!!!!

      Excluir