sexta-feira, 28 de julho de 2017

Antigas profissões dos cebolas XII - Os aprumadores de ruas

Toda criança observar com nitidez o lugar onde mora e sempre costuma comparar com os lugares que visita. Uma das coisas que sempre observava, quando criança, era as ruas por onde passava e comparando com as ruas das cidades vizinhas, eu sempre me perguntava: por que as ruas da minha cidade começam estreitas e terminam larga? Ou começam largas e terminam estreitas?

Rua Monsenhor Constantino (antigo Beco do Ouvidor) - Foto Google Maps
A rua onde morava, quando criança, só tinhas residências em um dos lados, mas a medida que se aproximava do centro da cidade (praça da matriz e feira) era com casa em ambos lados e a partir do local que ela tinha casa em ambos os lados, era estreita e quando chegava perto da feira a rua era larga!

Várias ruas tinham esse problema e a rua onde morei por mais tempo de aluguel, era estreita onde eu residia, um quarteirão depois era larga, seguindo mais um quarteirão era estreita !

Existiam (ainda existem) as ruas que eram estreitas em todas a extensão e as que eram largas em todas a extensão, mas algumas não eram assim! Quando questionava para os adultos, por que existiam ruas que eram estreitas em alguns trechos e largas em outros, a resposta era dada de maneira pejorativa e sempre com gozação: é a qualidade dos engenheiros contratados pela prefeitura ! 
Rua Coronel Sebrão (o popular Beco novo). Rua Estreita próximo a igreja
e fica arga ao se distanciar. (foto do Google Maps)

O serviço estava sendo realizado colocando-se postes alinhado um após o outro, de um quarteirão para o outro e um desses funcionários ficava no primeiro poste olhando o alinhamento, acenando com a mão e gritando: mais pra lá, não volta, aí, agora tá bom. Assim ficavam marcando por onde ia passar o futuro meio fio da rua e era essa maneira de trabalhar que delimitava o perímetro das ruas que iam surgindo. Essa maneira de alinhar alguma coisa, colocando uma após a outra e usando apenas o sentido da visão era chamado de aprumar. Felizmente, as administrações passaram a contratar pessoas mais qualificadas, passaram a delimitar e planejar as futuras ruas usando equipamento e métodos mais eficientes.

Entre as ruas que começavam estreita e terminava larga, da perspectiva de onde eu morava, posso citar a Rua das Flores e o antigo Beco do Ouvidor.

Antônio Carlos Vieira
Licenciatura Plena - Geografia (UFS)

Nenhum comentário:

Postar um comentário